Centro Brasil No Clima

​Av. Marechal Câmara, 160 / sala 418
Rio de Janeiro - RJ - Brasil - CEP 20020-080

E-mail:
contato@centrobrasilnoclima.org
cbc@centrobrasilnoclima.org

Telefones: +55 21 2262-1202 / +55 21 2210-7102

Fique por dentro das notícias do CBC

Notícias do Brasil

  • centrobrasilnoclima

Evento Crises Climáticas e o Desmonte Ambiental tem participação do CBC



Por: Beatriz Couto


“Brasil já é desconvidado das reuniões internacionais de políticas públicas”, avaliou o professor da Instituição de Relações internacionais e defesa da UFRJ, Henrique Rabello, durante o evento Crises Climáticas e o Desmonte Ambiental. A roda de conversa, que teve a participação de Marianna Albuquerque, líder de engajamento do Centro Brasil no Clima, aconteceu ontem, na semana da Greve Global pelo Clima, que ocorre amanhã.


Para Rabello, a falta de novas políticas públicas e o governo negacionista agravam ainda mais a situação ambiental do Brasil. Metas inalcançáveis de NDCs, processos de retaliação e desmonte fiscal, recusa do país em sediar a COP, são fatos que evidenciam a falta de interesse governamental nos assuntos ambientais, dificultando a mobilização na sociedade.

Durante a conversa, a líder de engajamento do CBC, Marianna Albuquerque, contou como é difícil criar uma relação com estados que não possuem a Amazônia em seu território para realizar projetos. Ela critica a imagem vendida de que lutar pelo meio ambiente é “coisa de socialista”.


Como uma introdução a Greve Global pelo Clima, o evento trouxe questões não só ambientais, mais sociais. Para a professora de Crises Socioambientais do NEPP-DH, Ana Cláudia Tavares, não tem como pontuar sobre crises ambientais sem pensar nas desigualdades no âmbito social. “O contraste social aparece quando o detentor de maior poder econômico possui a maior parcela e determina as leis da natureza para benefício próprio”, evidenciou Ana Cláudia.


A Greve Global pelo Clima ocorrerá no Brasil e em 130 países, com mais de mil cidade com manifestações organizadas pelo mundo em defesa do meio ambiente. O evento mundial é decorrente da iniciativa da jovem sueca Greta Thunberg, Fridays for future. A jovem é ganhadora de diversos prêmios e postulante ao prêmio Nobel da Paz por sua militância ambiental. A pauta principal é cobrar dos governos ações para barrar o aquecimento global, em defesa da vida e do planeta.

No Rio de Janeiro, as manifestações vão acontecer amanhã às 16 horas, na Praça XV.


A greve vai estar presente também:

São Paulo, no MASP;

Minas Gerais, na Praça Sete de setembro;

Curitiba, na Praça Santos Andrade;

Porto Alegre, em Farroupilha;

Florianópolis, no Largo da Catedral de Florianópolis; Maceió, em frente à prefeitura;

Manaus, no Largo de São Sebastião

19 visualizações