Notícias do Brasil

  • centrobrasilnoclima

Surtos epidêmicos são mais prováveis ​​em áreas de desmatamento, segundo estudo


Em tempos de covid-19, doença ocasionada por um vírus que passou para os humanos vindo de morcegos, uma notícia publicada hoje no The Guardian mostra um dado atual e preocupante: grande parte dos surtos epidêmicos estão relacionados com o desmatamento de florestas e a monocultura. Os dados fazem parte de artigo publicado na Frontiers in Veterinary Science e também revelam que o número nos casos de doenças transmitidas para humanos é proporcional ao aumento de corte de árvores. Serge Morand, um dos autores do estudo, ainda reforça: “Devemos dar mais atenção ao papel da floresta na saúde humana, animal e ambiental".


Levando em conta a atual crise sanitária do Brasil, os pesquisadores também alertam para o crescimento nos casos de malária provocados pelo desflorestamento.


Para ler a íntegra, acesse: www.thegardian.com

24 visualizações0 comentário